Busca

Daniel Cousland – Escritor

Doses de entretenimento textual

mês

janeiro 2016

O dia em que o pensamento perdeu seu gingado

A cadência do texto foge de minha cabeça.
Tal absurdo nunca antes ocorrera.
Cadê a musicalidade de minhas letras?

Estou revisando um texto que, por acaso, aparentava ser ideal para botar algumas rimas. Aí o filho da puta começa a pedir rima pra tudo que é lado na revisão… Até que virou uma suruba infernal de rimas que amarrotaram minhas sinapses cerebrais. O que, claro, incluiu minhas capacidades de criação e leitura.

Um exemplo, a frase:

“A sílaba permeava o arrepio de seu pescoço até seu pé.”

Continuar lendo “O dia em que o pensamento perdeu seu gingado”

Anúncios

Fluxo de pensamento musical

Indo de cima para baixo na página inicial do facebook foi que te vi. Meu foco não foi ela, se bem que poderia ter sido, mas foi o post. Era um compartilhamento de uma imagem onde uma jovem adulta (que se sente adolescente) estava deitada no chão com a seguinte legenda:

“Quando uma pessoa pedir pra você escutar uma música é porque a letra diz tudo o que ela queria poder te dizer.”

Continuar lendo “Fluxo de pensamento musical”

Baseado em tempos emocionais

[AVISO: Esta leitura pode conter conteúdo que POSSA ser considerado ofensivo para algumas audiências. (A junção de dois “podes”). Recomendada para… Maiores de 14?]

Estávamos sentados em seu carro fazia alguns minutos. Ele havia começado a bolar um baseado enquanto eu observava a chuva lá fora. Abri um pouco da janela eletrônica do carro e soprei o ar frio.
Continuar lendo “Baseado em tempos emocionais”

Teatro – Um poema inaugural

Os véus negros escondiam sentimentos que ainda estavam por vir.
Sob o luar pude ouvir um sino cair.
Senti seu volume caindo no chão,
espatifou-se, fui eu, foi em vão. Continuar lendo “Teatro – Um poema inaugural”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑